Bélgica foi o principal comprador dos produtos sergipanos em novembro



A balança comercial de Sergipe fechou o mês com déficit de US$ 7,40 milhões. Foram US$ 5,22 milhões de exportações e US$ 12,63 milhões de importações. 

 

A balança comercial sergipana fechou o mês de novembro com déficit de US$ 7,41 milhões. Em comparação ao mês anterior, houve aumento nas exportações (35,5%) e nas importações (34,7%). Essas informações integram o Radar do Comércio Exterior, elaborado pelo Observatório de Sergipe, instância vinculada à Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento Gestão (SEPLAG), que traz informação sobre a balança comercial, importações e exportação de Sergipe.

Os sumos de frutas foram os principais produtos exportados, 67,16%. Já nas importações, o destaque ficou com adubos (fertilizantes), 42,56%.

Bélgica, com sumos de frutas, é o principal país comprador dos produtos sergipanos, com uma participação de 30,3%. Já Marrocos, sobretudo com adubos, é o principal vendedor, responsável por 42,6% do total das importações.

Publicação completa : Radar do Comércio Exterior – Novembro 2018

Foto: Reprodução/divulgação