ECONOMIA DA SAÚDE

>>>>> Voltar ao Site               DESID.siops

 .........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................


     Curso Aplicado de Apuração e Gestão de Custos em Saúde – PNGC

O Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento – DESID/SE/MS e Núcleo Estratégico (Nest) promoverá  o primeiro curso/treinamento denominado “Curso Aplicado de Apuração e Gestão de Custos em Saúde – PNGC” faz parte do Programa Nacional de Gestão de Custos (PNGC), com duração de 16 horas, que visa à capacitação na metodologia adotada pelo PNGC para apuração de custos em unidades de saúde do SUS, bem como apresentar noções de contabilidade de custos, a importância de apurar custos no SUS e o Sistema de Apuração e Gestão de Custos do SUS – APURASUS.

A partir desse primeiro treinamento, a unidade, ou as unidades escolhidas passarão por um processo de coleta de informações de despesas gerais (despesas com pessoal, material de consumo, serviços de terceiros e outras); estabelecimento dos centros de custos de cada unidade; medição da produção de cada centro de custos e estabelecimentos de critérios de rateio.

O Curso é destinado aos profissionais que lidam com custos de toda Rede Hospital e de serviços de saúde da Secretária de Saúde de Sergipe (SES).

DATA: 04 e 05/10/2016

LOCAl : Auditório da SES                      Clique aqui e veja o evento como foi

 

 O Programa Nacional de Gestão de Custos – PNGC

O Programa Nacional de Gestão de Custos – PNGC compreende um conjunto de ações que visam promover a gestão de custos no âmbito do SUS, por meio da geração, aperfeiçoamento e difusão de informações relevantes e pertinentes a custos, utilizadas como subsídio para otimização do desempenho de serviços, unidades, regiões e redes de atenção em saúde do SUS.

A criação do programa

     A proposta de criação do PNGC, desenvolvida pelo Núcleo Nacional de Economia da Saúde - Nunes/DESID/SE/MS, foi resultado de um grupo de trabalho, que contou com a participação de diferentes áreas do Ministério da Saúde, dentre elas a Secretaria de Atenção a Saúde – SAS, a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde – SGTES e o Departamento de Informática do SUS – DATASUS.

     Participaram também algumas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, instituições de saúde vinculadas ao Ministério da Educação e outras instituições de ensino, com experiência na implantação de apuração e gestão de custos. As questões metodológicas foram amplamente debatidas, tendo como horizonte a implantação sustentável do PNGC no âmbito do SUS, como um disseminador importante na cultura de Gestão de Custos no Brasil.

     A primeira ação para promover a concretização do PNGC foi a elaboração do manual “Programa Nacional de Gestão de Custos: Manual Técnico de Custos – Conceitos e Metodologia”. Publicado em 2006, o manual foi distribuído para as secretarias estaduais e municipais de saúde, a fim de difundir embasamento conceitual e metodológico, benefícios e estratégias de implantação.

 

 

      IMPLANTAÇÂO DO NÚCLEO DE ECONOMIA DA SAÚDE EM SERGIPE - veja aqui as fotos as fotos

         Em Sergipe a Secretaria de Saúde através do Nucleo Estratégico (Nest.SES) após contato com o Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento (DESID) do Ministério da Saúde, iniciou as tratativas para implementação do Núcleo de Economia da Saúde (NES), que culminou com a visita das Técnicas do DESID Corah Prado Lucas e Maciene Mendes no dia 14/07/2016, onde foi apresentado á proposta à secretária de Estado da Saúde, Conceição Mendonça. Em seguida as técnicas, pós a reunião no gabinete, foram para o NEST, setor que será responsável  pela execução do Programa em Sergipe, para apresentar aos integrantes das equipes da Diretoria Financeira (DAF) e de Planejamento da SES (DIPLAN), do NEST e da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) sobre o processo de implantação do PNGC e conceitos de Economia da Saúde.

O Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento (DESID)

O Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento (DESID) é uma unidade organizacional subordinada à Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde, que tem como objetivo principal subsidiar o Ministério da Saúde, no tocante a aspectos econômicos dos programas e projetos formulados no seu âmbito de atribuição e na  formulação de políticas, diretrizes e metas para as áreas e temas estratégicos necessários à implementação da Política Nacional de Saúde, bem como fomentar e coordenar a rede de economia da saúde no âmbito do SUS.

     O DESID também tem como atribuições institucionalizar e fortalecer a economia da saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), bem como acompanhar e consolidar os dados de gastos em ações e serviços públicos em saúde, das três esferas de governo, monitorando o financiamento do SUS.

     Cabe ainda ao Departamento apoiar o planejamento e supervisionar a execução de Programas e Projetos de cooperação técnica com instituições nacionais e com organismos internacionais, além de apoiar processo de qualificação dos investimentos em infraestrutura física e de equipamentos para ações e serviços de saúde.


ONDE ESTAMOS

Travessa Baltazar Gois.

Edf. Estado de Sergipe, 19°andar, s/n°.

Centro Aracaju/SE

CEP: 49.010-460

(79) 3226-8362/8363

Fale Conosco: nest.ses@saude.se.gov.br

nucleo.nest@gmail.com

Site : http://observatorio.se.gov.br/saude/
Facebook : https://www.facebook.com/nestses/
Twitter : https://twitter.com/NestSes

 

 

ONDE ESTAMOS

Sala Estadual de Situação do Aedes aegypti

Núcleo Estratégico - Nest.SES

Travessa Baltazar Gois.

Edf. Estado de Sergipe, 19°andar, s/n°.

Centro Aracaju/SE

CEP: 49.010-460

(79) 3226-8362/8363

Fale Conosco: nest.ses@saude.se.gov.br

 

 

Temos 25 visitantes e Nenhum membro online

Boletim de Notícias

Cadastre-se para receber nossas novidades.