29 de outubro de 2021

Caged: Sergipe criou mais de 6 mil empregos em setembro


Dados do Caged, do Ministério da Economia, revelam que Sergipe encerrou o mês de setembro com a abertura de 6.097 empregos com carteira assinada, é o maior saldo para o mês desde 1992. No acumulado do ano (com ajuste), foram criadas 10.008 vagas. Já os últimos 12 meses (com ajuste) acumulam 17.142 postos gerados.  O *estoque de empregos no mês* ficou em *283.340 postos*. As informações foram analisadas e divulgadas pelo Observatório de Sergipe/ Superplan.

🏭 🎋 *Indústria e agropecuária somam 4.292 vagas e puxam saldo de emprego*

Dos cinco setores observados, todos criaram vagas. A indústria liderou com 2.703 vagas. Na sequência, vem agropecuária (1.589), serviços (673), construção civil (638) e comércio (494).

Na indústria, o saldo positivo foi impulsionado pela fabricação de açúcar em bruto (1.326) e fabricação de álcool – etanol (1.066). Na agropecuária, o destaque foi o cultivo de cana-de-açúcar (1.582).

👍 *Municípios que mais geraram emprego no mês: *Capela (1.940), Laranjeiras (1.380) e Aracaju (1.088).

👎 *Municípios que mais perderam emprego: *Japoatã (-346), São Cristóvão (-89) e Nossa Senhora Aparecida (-40).

🇧🇷 *Cenário Nacional*

O Brasil fechou o mês com saldo de 313.902 postos gerados. Todas as 27 unidades da federação registraram resultado positivo. Os maiores acréscimos foram observados em Alagoas (4,73%), Sergipe (2,20%), Pernambuco (2,01%), Rio Grande do Norte (1,38%) e Acre (1,22%).

Publicação completa: Radar do emprego – setembro/2021