13 de janeiro de 2022

Custo da construção civil em Sergipe acumula uma alta de 20,4% em 2021


Em Sergipe, o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) registrou inflação de 0,6% em dezembro, 1,0 ponto percentual (p.p) a menos em relação ao mês anterior, quando registrou 1,5%. Com esse resultado, o indicador acumula 20,4% no ano.  Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e analisados pelo Observatório de Sergipe.

📍 Custo é o segundo mais barato do país

O custo da construção fechou o mês em R$ 1.348,77 por metro quadrado, o segundo mais barato do país. Os materiais registraram aumento de 0,9% e passaram a custar R$ 882,55 por metro quadrado. Já o custo da mão de obra não apresentou variação, continuando R$ 466,22 por metro quadrado.

 Cenário Nacional

O Índice da Construção Civil do país apresentou inflação de 0,5% em dezembro. Em novembro, registrou 1,1%. No acumulado do ano, a variação ficou em 18,7%. Já o custo nacional da construção, por metro quadrado, passou de R$ 1.506,76 para R$ 1.514,52, sendo R$ 910,06 relativos aos materiais e R$ 604,46 à mão de obra.

Com relação às unidades da federação, todas apresentaram inflação. Tocantins  registrou a maior variação (1,6%), seguido por Maranhão (1,4%), Espírito Santos ( 1,3%). Os menores índices foram observados em Minas Gerais e Santa Catarina (0,1%, ambas), Rondônia (0,2%) e Ceará (0,3%).

Publicação completa: Radar da Construção Civil – dezembro 2021

Skip to content