28 de abril de 2023

Milho entra na pauta de exportações sergipanas pela primeira vez


📉 💰 A balança comercial apresentou um saldo negativo de US$ 25,9 milhões no primeiro trimestre de 2023. Foram US$ 56,8 milhões em importações e US$ 30,9 milhões em exportações. Em comparação com o trimestre anterior, as importações cresceram 115,6% e as exportações 20,4%. Na comparação com o 1º trimestre de 2022, houve crescimento nas exportações (83,8%) e queda nas importações (-69,8%). Os dados são do Comex Stat, sistema para consultas e extração de dados do comércio exterior brasileiro, disponibilizado pelo Ministério da Economia e analisados pelo Observatório de Sergipe.

🚢 No 1º trimestre de 2022, o item ‘suco de laranja congelado, não fermentado’ foi o mais exportado, com 44%. Em segundo lugar na lista dos produtos exportados ficou o milho (US$ 9,2 milhões), exportado principalmente para a Colômbia (64,4%) e Senegal
(35,6%). Foi a primeira vez que Sergipe exportou esse produto , com o embarque tendo sido realizado no mês de fevereiro
Já o mais importado foi ‘Coque de petróleo não calcinado’ com 29,3%.

🇨🇴 🇷🇺 A Colômbia foi o principal comprador dos produtos sergipanos, respondendo por 20,6% do total exportado, tendo como principal produto ‘Milho, exceto para semeadura’. Já as importações foram lideradas pela Rússia, que respondeu por 25,5% do total, tendo como destaque ‘Diidrogeno-ortofosfato de amônio, inclusive misturas com hidrogeno-ortofosfato de diamônio’.

📤 Municípios que mais exportaram no trimestre: Japaratuba, Estância, Laranjeiras

📥 Municípios que mais importaram no trimestre: Laranjeiras, Maruim e Rosário do Catete.

Publicação completa: Radar do Comércio Exterior – 1º Trimestre de 2023

Pular para o conteúdo