16 de março de 2021

Caged: Sergipe registrou 514 novos empregos em janeiro


Dados do Caged, do Ministério da Economia, revelam que Sergipe encerrou o mês de janeiro com a abertura de 514 postos de trabalho. No acumulado de 12 meses (com ajuste), foram perdidas 4.111 vagas. O estoque de empregos no mês ficou em 273.846 postos. As informações foram analisadas e divulgadas pelo Observatório de Sergipe/ Superplan.

👨🏽🏘👷 Serviços, Construção e Comércio somam 821 novas vagas e puxam saldo

Dos cinco setores observados, três geraram empregos em janeiro: Serviços (+296 vagas), Construção (+293) e Comércio (+232). Juntos, totalizaram 821 vagas geradas. Em contraposição, a indústria e a agropecuária registraram a perda de 277 e 30 vagas, respectivamente.

➕ Nos Serviços, o saldo positivo foi impulsionado, sobretudo, pelas atividades ‘outros serviços’ (+123), ‘alojamento e alimentação’ (+97); e ‘informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas’ (+92). No setor Construção, os destaques foram ‘construção de edifícios’ (+218) e ‘serviços especializados para construção’ (+153). Já no Comércio, as atividades ‘comércio por atacado, exceto veículos automotores e motocicletas’ (+101) e ‘comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas’ (+93).

➖ Cabe salientar que na indústria, o resultado negativo foi pressionado pela transformação, que fechou 276 postos de trabalho.

👍 Municípios que mais geraram emprego no mês: Aracaju (+777), Itabaiana (+81) e Lagarto (+62).

👎 Municípios que mais perderam emprego: Nossa Senhora do Socorro (-294), São Cristóvão (-203) e Propriá (-59).

Fonte: Novo Caged/Ministério da Economia. Elaboração: Observatório de Sergipe

Publicação completa: Radar Emprego – Janeiro

Pular para o conteúdo